Novela Ambiental: Sacolinha Plástica

Vi no Terra hoje a seguinte matéria: Sacolas plásticas deixam de ser distribuídas em SP; entenda

A novela ambiental em volta da "vilã" gerando novas discussões.

Interessante é o trecho abaixo retirado da reportagem:



"Mas é a transferência do custo para o consumidor que tem gerado polêmica, já que os estabelecimentos cortam parte dos seus custos e não necessariamente esse corte será repassado ao consumidor final. Para se ter uma ideia do tamanho do mercado de sacolas plásticas no Brasil, no ano passado foram utilizadas quase 13 bilhões de sacolas. De acordo com o Plastivida (Instituto Sócio-Ambiental dos Plásticos), que representa o setor de fabricantes, o uso de sacolas retornáveis e caixas de papelão pode trazer riscos ao consumidor.




Por meio de um estudo microbiológico encomendado pelo setor, as caixas de papelão usadas distribuídas pelos supermercados e sacolas de pano trazidas pelos consumidores apresentam um elevado grau de contaminação microbiana. As análises comprovaram a inexistência de coliformes nas sacolas plásticas, enquanto, das caixas de papelão, 80% apresentaram coliformes totais, 62% coliformes fecais e 56% E.coli, e das sacolas de pano, 58% tinham coliformes totais."

Conheça o estudo completo e o anúncio publicado no jornal Metro-SP.



Gostaria de saber quem e com qual frequência é higienizada as "Ecobags".

Qual a procedência das caixas de papelão? Se dentro de casa, quando guardamos alguns pertences velhos, já juntam um monte de poeira e bichos, imaginem o que pode ter de vestígios de depósitos de supermercados, alguns escuros, sujos, com falta de higiene, onde caixas de tudo que é tipo são misturadas...ahhhh mas é pelo bem do ambiente, então tá valendo.

Há ainda o lado financeiro de toda a cadeia...essa é assunto para outro post...

O mais interessante da reportagem são os comentários das pessoas. Pelo que vi, a maioria é contra...

iUrbe

0 comentários:

Postar um comentário

More

Whats Hot